Pular para o conteúdo principal

"E vos renoveis no espírito da vossa mente." Efésios 4.23

 


"E vos renoveis no espírito da vossa mente." Efésios 4.23 (Almeida Corrigida Fiel)


Cuidado! Nossos pensamentos, sentimentos e emoções estão sempre tentando nos emboscar.

A maioria absoluta das pessoas não têm consciência dos próprios pensamentos, sentimentos e emoções, por esse motivo são alvos fáceis todas as vezes que a mente deles os ataca produzindo "tempestades" mentais (emocionais, sentimentais) cada vez mais intensas, assustadoras e duradouras. Não é por acaso que muitas, e cada vez mais, pessoas atualmente, estão sendo acometidas frequentemente por pesados pensamentos negativos, sentimentos confusos e conflitantes, e, emoções sem controle; de modo a experimentarem até mesmo alguns tipos de distúrbios como ataques de fobias, síndrome do pânico e outras coisas semelhantes.

Há também aqueles cuja mente se volta contra eles de tal forma, que passam a se autodepreciar com muita violência e crueldade, e isso os deixa com diversas feridas internas, que, por influência desses ataques mentais, inconscientemente continuarão a cultivar por muito tempo com o único intuito de fazê-los sofrer todo tipo de aflições de espírito.

É bem comum que essas pessoas experimentem uma espécie de "montanha-russa" em sua mente, um vertiginoso sobe e desce de coisas como a raiva, o tédio, o ciúmes, a alegria, a tristeza, a mágoa, a angústia, o descontentamento, a insatisfação, a paixão, os desejos, e assim por diante, gerando uma grande confusão frenética que tem levado muitos à beira da loucura (às vezes literalmente). Porém, toda pessoa que compreende a liberdade proporcionada por Cristo para a humanidade, entende também que essa liberdade se inicia quando nos libertamos justamente dessa nossa mente "alucinada" repleta de pensamentos, sentimentos e emoções que nos emboscam com tanta facilidade todos os dias.

De fato, toda pessoa mentalmente livre sabe que seus pensamentos, sentimentos e emoções sempre estarão buscando ocasião para tentar encurralá-los de alguma maneira, pois é isso o que a nossa carne (mente/Ego) faz de "melhor". Quem já não passou pela situação de estar se sentindo bem em determinado dia ou situação, mas de repente vemos, ouvimos, sentimos, falamos, ou fazemos algo que desencadeia uma torrente de pensamentos, emoções e sentimentos ruins; tão rápido quanto um piscar de olhos, a raiva surge, ou a angústia, ou a tristeza, ou o medo, ou qualquer um dos outros irmãos profanos deles, como a mágoa, a frustração, a ingratidão a intransigência e etc...; porém, eles nunca surgem sozinhos, pois são covardes por natureza, estão sempre em bandos, logo, nos atacam como uma matilha de cães selvagens, ruidosas hienas mentais, rindo e zombando de nós enquanto nos ferem e nos confundem. Assim começamos a ouvir as várias "vozes" deles dentro da nossa mente, nos atacando por todos os lados, como numa espécie de linchamento. Eles dizem:

* Você deveria estar se sentindo péssimo(a)

* Você não faz nada direito;

* Você é um fracassado(a);

* Você não vai conseguir;

* Você não é bonita(o);

* Você é um(a) ignorante;

* Sua vida deveria estar melhor do que isso;

* Seus amigos estão vivendo melhor do que você;

* Seu emprego é uma porcaria;

* Você já deveria ter mais (qualquer coisa) do que tem agora; 

* Você é preguiçoso(a);

* Sua fé não é o suficiente;

* Você ofendeu a Deus;

E muitas outras coisas semelhantes e mais pesadas do que essas.

Para a maioria das pessoas cuja mente natural é predominante basta uma fração de segundo, ou menos, para que sejam emboscadas por uma legião de pensamentos, sentimentos e emoções agressivas, esse é um dos motivos principais pelos quais os indivíduos na sociedade moderna, e muitos dentro das mais variadas congregações, estão sempre tão estressados(as), impacientes, nervosos(as), prontos para "explodir" por qualquer pequeno "motivo", ansiosos(as) e inquietos(as); na mais completa desarmonia consigo mesmos, com o seu próximo, com o ambiente que os rodeia (seja qual for), e até mesmo com o próprio Deus; embora muitos tenham capacidade de mascarar tal desarmonia das mais diversas formas sociais e religiosas.

Na verdade, as pessoas que estão sob o jugo inconsciente da mente natural que é atribulada, tirânica, sádica e dissimulada, passarão por toda a sua existência em desarmonia com tudo e constantemente lutando, e se sacrificando, para colocar pequenos remendos de harmonia em si mesmos e em todas as coisas que dizem respeito a sua vida pessoal, profissional, congregacional, e até espiritual. Mas veja o que Jesus disse também sobre isso em Mateus 9.16, está escrito: "Ninguém põe remendo de pano novo em roupa velha, pois o remendo forçará a roupa, tornando pior o rasgo." NVI.

A maioria absoluta da humanidade é escrava da própria mente; de fato, a mente é a maior e mais implacável inimiga de todas as pessoas que ainda estão imersas no sono hipnótico da sociedade. E numa espécie de desespero silencioso para tentar encontrar algum sentido e alívio em uma vida guiada por pensamentos, sentimentos e emoções que os estão emboscando com cada vez mais frequência e violência, muitos cultivam todo tipo de hábitos inconscientes que tornam sua existência ainda mais angustiante; coisas como o consumismo, o vício nas redes sociais e tantos outros exageros estão cada vez mais comuns na vida da humanidade atualmente porque eles acham que conseguirão usar tais coisas para se defender dos ataques da própria mente, ainda que seja distraindo-a ou anestesiando-a por longas horas para encontrar algum descanso interior, mas não vão, pois o resultado de tais coisas é exatamente o oposto do desejado, fortalecendo ainda mais a mente natural deles e os ataques que ela lança sobre os indivíduos.

E como mudamos esse panorama em nós?

Fazendo exatamente o que o texto de Efésios 4.23 ensina quando diz: "E vos renoveis no espírito da vossa mente.".

Note que a expressão "espírito da vossa mente" significa: O interior da nossa mente.

Na Bíblia Amplificada AMP 1987, edição em inglês, esse mesmo texto de Efésios 4.23 está posto da seguinte maneira: "And be constantly renewed in the spirit of your mind Having a fresh mental and spiritual attitude". E português: "E sejam constantemente renovados no espírito da vossa mente, tendo uma atitude mental e espiritual completamente nova ".

E o que isso significa?

Significa que temos de parar de colocar "remendos" de harmonia na nossa mente natural e devemos renová-la completamente através de uma nova atitude e diferenciada. 

E como fazemos isso? 

Nos tornando conscientes de que o único objetivo da nossa mente natural é nos tornar infelizes fazendo com que nossos pensamentos, sentimentos e emoções estejam constantemente nos emboscando. Uma vez conscientes disso, devemos entender tal consciência, cultivando diariamente um espírito de prontidão e vigilância, pois assim estaremos sempre alertas e isso dificultará que sejamos mentalmente emboscados; por isso também foi escrito a parte do texto de 1 Pedro 5.8, que diz: "Sede sóbrios, vigiai...". Todo cristão verdadeiro entende que estar sóbrio e vigilante deve ser algo que primeiro fazemos internamente no que se refere aos nossos próprios pensamentos, sentimentos e emoções, pois só assim teremos clareza e lucidez para conseguirmos estar realmente alertas com relação as coisas externas.

Com um pouco de prática e tempo, nos tornaremos cada vez mais capazes de identificar os padrões que nossa mente usa para nos emboscar. Assim ficaremos mais cientes exatamente de quais pensamentos, sentimentos e emoções mais nos machucam, e como nos machucam, começaremos a perceber antecipadamente os momentos ou quaisquer outros "gatilhos" que desencadeiam as "emboscadas mentais" que antes nos arrastavam sem que tivéssemos qualquer defesa; essa é a semente da renovação mental, pois uma vez que conseguimos perceber com antecedência os momentos nos quais nossa mente vai nos atacar, tal ataque perde o seu elemento surpresa e deixa de ser uma emboscada, assim podemos estar prontos quando acontecer.

E aqui que um pequeno-grande milagre acontece; quanto mais nossa mente natural perceber que nosso nível de consciência e vigilância sobre ela está aumentando de modo que conseguimos "ver" cada vez mais claramente, e antecipar seus ataques, assim como quais pensamentos, sentimentos e emoções serão usados na tentativa de emboscada; assim, menos vulneráveis estaremos, e por esse motivo sofreremos cada vez menos ataques, pois seremos capazes de enxergar com clareza as maquinações e manipulações da nossa mente natural que antes permaneciam obscuras dentro de nós; dessa maneira a nossa mente não terá como nos surpreender, logo, ficará cada vez mais difícil ela usar qualquer tipo de estímulo para nos atingir, abalar e induzir a qualquer reação impensada como costumava fazer no passado. De fato, há uma frase atribuída ao famoso neuropsiquiatra austríaco Viktor Frankl que sintetiza muito bem como todo esse processo se desenvolve no interior de uma pessoa que está renovando a própria mente, ele diz: "Entre um estímulo mental e a nossa reação a esse estímulo existe um espaço, nesse espaço, embora as pessoas não saibam, está o nosso poder de não reagir, mas sim de responder com lucidez e sobriedade, e nessa resposta está o nosso crescimento e liberdade". 

Devemos, então, permanecer constantes nessa prática, pois no princípio, por falta de costume, ainda seremos emboscados algumas vezes, pelos mais diversos "motivos" e nas mais variadas ocasiões, afinal este é um hábito subliminar que possuímos e cultivamos involuntariamente por anos, mas gradativamente vamos compreendendo que a mente usa sempre os mesmos caminhos para tentar nos ferir, e cada vez que nos damos conta de quais são um desses caminhos, ela o perderá para sempre, pois agora ele estará vigiado e bem iluminado pela luz da nossa consciência. Com o tempo não restará mais nenhum caminho mental para sermos atacados, todos estarão sob os olhos atentos da nossa atenção; e esse é o momento sublime em que o Espírito de Deus nos mostra que a renovação da nossa mente está concluída.

Jesus não veio apenas libertar você das garras da sociedade e da influência do espírito do mundo; Ele veio primeiramente para libertar você de você mesmo(a). E uma vez que você descubra essa liberdade interior, terá automaticamente encontrado a liberdade em relação a absolutamente tudo o que estiver ao seu redor, seja a sociedade ou até mesmo o próprio espírito do mundo.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20 Neste texto nós vamos conversar um pouco sobre os benefícios que uma congregação saudável produz na vida de todos aqueles que fazem parte dela; e tenha em mente que congregar significa justamente se reunir com outras pessoas em nome de Jesus, como relatado em Mateus 18.20. Em vários dos textos que tenho compartilhado aqui, procurei falar sobre como o espírito do mundo se infiltrou nas congregações através dos séculos para corromper os sentidos daqueles que as compõem e desvirtuá-los de seguir o verdadeiro caminho de Cristo Jesus, induzindo muitos a praticar todo tipo de estranhezas, distorções da Palavra, e até, a desistir de congregar. Por isso também foi escrito que: "E vindo o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, Veio também Satanás entre eles." Jó 1.6 Quais são os benefícios de uma congregação saudável? Na verdade a lista de

Pedis e não recebeis, porque pedis mal... Tiago 4.3

"Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites." Tiago 4.3 Esta, sem dúvidas, é uma das frases mais conhecidas do livro de Tiago, mas durante algum tempo tive certa dificuldade de me aprofundar na grande lição contida nela. Será que você já conseguiu extrair deste versículo algo além daquilo que está na superfície? É o que tentaremos fazer agora. Creio que o hábito de pedir seja o mais intuitivo, natural e automático que possuímos, principalmente porque Jesus disse: "Pedi e dar-se-vos-a..." ; "o que pede recebe" e ainda, "tudo que pedirdes em meu nome eu o farei..." Somos ensinados e acostumados a pedir; há alguns até que se tornam viciados em fazê-lo, alguns tratam o Senhor absoluto do universo como se Ele fosse uma espécie de "gênio da bíblia", ou seja, na mentalidade destas pessoas Deus serve apenas para realizar seus desejos não importando o quão banais, vaidosos, egoístas, hedonista

A alegria do SENHOR é a vossa força. Neemias 8.10

"...Portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força." Neemias 8.10 No cristianismo há duas relações diretas que afetam grandemente a nossa vida caso tenhamos o devido conhecimento delas para usarmos da forma correta e a nosso favor. E que relações são estas? Como você já deve imaginar por causa do título deste texto estamos falando de alegria e força , assim como de tristeza e fraqueza, ou seja, alegria é igual a força e tristeza é igual a fraqueza; porém o foco de nossa conversa será completamente sobre as duas primeiras.  Cristãos conhecem profundamente isso e usam este entendimento a seu favor; o meu desejo ao escrever este texto é que você também possa fazer o mesmo de modo a fortalecer sua vida cada vez mais. Algumas pessoas podem ter certa dificuldade em entender a necessidade vital que os cristãos têm de se alegrar, de proteger e multiplicar a alegria; tais pessoas podem perguntar: Por que devo me alegrar se as c