Pular para o conteúdo principal

"...Com conselhos prudentes tu farás a guerra..." Provérbios 24.6A




"Porque com conselhos prudentes tu farás a guerra..." Provérbios 24.6A

Um dos hábitos que diferenciam os sábios dos tolos é o hábito de, em todo tempo e para todo propósito, buscar por conselhos valiosos que possam ser adequadamente aplicados para potencializar e alavancar o conhecimento e o entendimento que possuem de como podem melhorar a vida deles mesmos e também das pessoas que estão ao redor; compreendendo como podem navegar pela vida enfrentando e vencendo a oposição dos ventos contrários, das ondas altas e violentas, das tempestades e da fúria de toda espécie de tormentas que surgem para guerrear contra nós, nossa visão e nossa missão. E é exatamente isso que os cristãos verdadeiros fazem, ou seja, procuram constantemente por conselhos de sabedoria para aprimorar quem são e tudo o que fazem; portanto, neste texto vou compartilhar 6 conselhos muito simples, práticos e grandemente eficazes que Deus nos dá para elevar nossa vida para um patamar superior, assim como, para inspirar nosso espírito, fortalecer nossa mente, clarear nossa visão de propósito e tornar nossa confiança inabalável, para que sejamos capazes de desfraldar as velas de nossa fé e sermos bem sucedidos em enfrentar e vencer a regata (carreira) que nos está proposta a fim de que possamos combater o bom combate e vencer a guerra espiritual na qual estamos inseridos, refletindo sempre, em todos os nossos atos, convicções e palavras, a cândida e majestosa luz de Cristo, iluminando o máximo de pessoas em meio a gigantesca nuvem de testemunhas que nos rodeiam. Porque a nosso respeito também foi dito: "Vós sois a luz do mundo..." Mateus 5.14A; e mais, "Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus." Mateus 5.16. Se usarmos os conselhos divinos para aprendermos a navegar em nossa própria vida, com maestria, os outros verão e virão até nós para saber como fazer o mesmo na vida deles.

*Conselho 1: Creia.


Não há sabedoria maior do que crer verdadeiramente na Palavra de Deus; muitos acham que o sábio é aquele que tem uma fé superior, ou tem algum tipo de fé "super especial", porém, não é a fé que caracteriza os sábios, porque ter fé não é algo difícil, visto que Deus dá a fé para toda pessoa que ouvir sua maravilhosa Palavra, como foi dito: "...A fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." Romanos 10.17. A fé independe de nós, ela sempre virá até você, à mim ou a qualquer um, toda vez que dermos ouvidos, verdadeiramente, à Palavra de Deus; o grande problema da maioria das pessoas que não alcançam sabedoria é que não conseguem crer naquilo que a fé mostra a eles, ou seja, na visão revelada pela fé; portanto, a primeira coluna que vai permitir manifestar a sabedoria de Deus em sua vida é a decisão de crer verdadeiramente, consistentemente e firmemente naquilo que Deus falar e mostrar através da Palavra. Decida crer! Porque: "...Se creres verás a glória de Deus." João 11.11

*Conselho 2: Seja feliz.

Um dos ensinamentos mais libertadores e transformadores que aprendi estudando as Escrituras Sagradas e já falei algumas vezes aqui é que felicidade não é um sentimento, nem tampouco uma emoção, como as pessoas do mundo acham. Felicidade é uma escolha completamente racional, intencional, uma decisão totalmente consciente que deve ser tomada antes de sua jornada começar; portanto, quero encorajar você a tomar tal decisão o quanto antes, se possível hoje mesmo, neste exato momento. Nenhuma pessoa que esteja procurando pela felicidade, onde quer que esteja, vai encontrá-la, a menos que decida, primeiramente, que já é feliz independentemente das circunstâncias que estiverem a seu redor. E nenhuma pessoa infeliz consegue suportar os momentos mais difíceis da jornada sem se corromper ou retroceder.

*Conselho 3: Tenha uma vida simples.


Eis aqui uma visão poderosíssima para mudar completamente a vida de uma pessoa nos dias atuais; simplicidade. Ter uma vida simples não significa abrir mão das coisas que você gosta ou deseja; não significa comprar apenas o que for barato ou sem qualidade, não significa ser avarento, não significa cultuar a escassez ou a pobreza, e não significa viver com dificuldades; pelo contrário. Ter uma vida simples significa edificar um padrão e estilo de vida sobre o qual você tenha verdadeiro poder e domínio, e não o contrário como é comum atualmente com a maioria absoluta das pessoas, tanto no mundo quanto em congregações. Viver simples é orientar, pela fé, todo o seu estilo de vida para um modelo equilibrado onde você, deliberadamente, deixa os excessos das vaidades de lado e constrói verdadeira harmonia entre praticidade, usabilidade, mobilidade, produtividade e sustentabilidade gerando um círculo virtuoso "perfeito" que manterá sua vida leve, plena e abundante. Ter uma vida simples significa pensar mais na melhor combinação entre custo/benefício, assim como no real propósito de cada coisa dentro de nossa vida. Também devemos pensar menos em status e mais em qualidade de vida; eliminar a ostentação e construir um viver com segurança, liberdade e independência completa (espiritual, mental, pessoal, profissional, social, financeira), mesmo habitando em meio a um mundo completamente caótico que constantemente prega o contrário e cobra um alto preço por isso.

*Conselho 4: Adquira conhecimento

"O coração sábio buscará o conhecimento..." Provérbios 15.14A

Um dos maiores investimentos que uma pessoa sábia faz durante toda a vida é em buscar constantemente por conhecimento adequado e orientado para o pleno desenvolvimento dos talentos e dons que eles possuem, diferentemente da grande massa mundana que, ou recebe  quantidades absurdas de informações que geram conhecimento aleatório e inútil, ou, simplesmente ignora o fato de que conhecer determinadas verdades simplesmente mudará a vida deles, para melhor, de tal maneira que se tornarão pessoas completamente novas, como foi dito em: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." João 8.32. O fato é que este versículo bíblico se faz real em absolutamente todas as questões e áreas de nossa vida, tanto com relação ao conhecimento da Verdade para a nossa Salvação Eterna em Cristo Jesus, quanto em relação em conhecermos como nós mesmos funcionamos, assim como nossa fé, e tudo o que está ao nosso redor; para que possamos operar nossa vida, em todas as dimensões, espiritual, mental, física, pessoal, profissional e financeira, de maneira otimizada e sempre em um nível de perfeição, pois está escrito: "Sede vós, pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai, que está nos céus." Mateus 5.48

Os sábios cristãos investem em compreender quem são, ou seja, o que realmente significa ser cristão, na vida cotidiana, no trato com as pessoas difíceis e hostis, na interação com aqueles cujo único objetivo é agredir e ferir todos ao redor e em como viver de maneira reta, honrada, ética, fiel, justa e incorruptível dentro de uma sociedade cada vez mais confusa, desvirtuada, sem honra, sem ética, infiel, injusta e corrupta. Cristãos genuínos investem em conhecer e compreender como a natureza de sua carne funciona, para renunciá-la, e aprendem como dominar o próprio espírito para serem dirigidos pelo Espírito Santo de Deus; da mesma forma adquirem o conhecimento necessário para governar a própria língua, proteger o próprio coração e aprender como verdadeiramente podem transformar a si mesmos usando a fé e adotando, ou seja, praticando, os entendimentos gerados por ela no lugar daqueles que sempre carregaram anteriormente ou daqueles que o mundo usa para guiar as multidões, como está escrito: "...Transformai-vos pela renovação do vosso entendimento..." Romanos 12.2B

*Conselho 5: Viva livre.


Atualmente, encontrar pessoas verdadeiramente livres é um enorme desafio, mesmo dentro de algumas congregações; e quando falo sobre pessoas livres, quero dizer pessoas que não são escravas nem reféns das coisas que as rodeiam; pessoas que governam os próprios sentimentos, pensamentos e emoções; pessoas que comandam suas próprias vidas e não são comandadas por ela, pessoas que tomam suas decisões e não aquelas que vivem deixando que suas decisões sejam tomadas por outros ou pelas circunstâncias; pessoas que usaram a Verdade para conhecer e praticar o real sentido de liberdade. Porque está escrito: "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" João 8.32.

Muitos não desejam verdadeiramente ser completamente livres, porque isso implica em assumir total responsabilidade por sua vida e fé, no que diz respeito a seus pensamentos, palavras e atos, e como tal, estarão sujeitos as devidas consequências e cobrança; pois, quando nos tornamos realmente livres não podemos mais colocar a culpa de nossos erros, quedas, fracassos e pecados em ninguém mais, além de nós mesmos, e muitas vezes isso é um processo duro; por outro lado, a liberdade transforma nossa visão e nos permite enxergar a vida a partir de uma perspectiva mais elevada, tal como Deus deseja que a vejamos; quando nos tornamos realmente livres conseguimos ver claramente as oportunidades e a providência de Deus ao nosso redor a cada dia e conseguimos compreender um pouco mais os caminhos e pensamentos do Criador para nossa vida, visto que são mais altos do que os nossos, como foi dito: "...Assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos." Isaías 55.9.

Justamente por causa disso, ser livre também permitirá que você eleve a sua sabedoria e ela será uma poderosa ferramenta de bênçãos para você mesmo e para todos ao seu redor, porque muitos sábios, por mais incrível que pareça, ao negligenciar o poder da liberdade se tornaram escravos de sua própria sabedoria e terminaram trilhando o caminho da arrogância, que é a principal característica dos ignorantes.

*Conselho 6: Não tema.

"...Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus..." Isaías 41.10A

Como sua vida seria se você não tivesse medo. Medo do fracasso, medo de ficar exposto, medo de não corresponder, medo de falar em público, medo de empreender, medo da derrota, medo da vitória, medo das pessoas, medo de aceitar o chamado, medo de caminhar pela fé e não por vistas, medo de ser ferido (a), medo da dor, medo de não ter forças suficientes, e assim por diante; a lista é virtualmente sem fim.

Sentir medo é algo relativamente natural, pois que ele é uma das características herdadas pelo homem a partir da queda de Adão, como foi registrado nas palavras do próprio Adão, quando disse: "...Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi..." Gênesis 3.10.

O problema é que aquele medo demonstrado no jardim do Éden era apenas um embrião do monstro que, hoje, tem paralisado bilhões de pessoas em todas as partes do globo terrestre. Tal medo tem se multiplicado no coração e mente das pessoas de uma forma assombrosa e os está afastando ou impedindo de tomar as decisões ou ações que sabem que serão benéficas e farão grande diferença para a vida deles tanto quanto a dos que os rodeiam.

Uma vez que somos humanos, a sombra do medo, nas suas mais variadas formas, sempre estará atrás de nós, tentando, de alguma maneira, dominar nossos pensamentos para neutralizar nossas ações e sufocar nossa fé, pois a fé sem obras está morta; portanto, sabendo disso, cristãos verdadeiros sufocam o medo usando a fé para agir, apesar do medo, e uma vez em ação, a sombra do medo é dissipada pela luz produzida quando a fé é posta em movimento.

Se alguma vez eu precisar aconselhar de forma rápida a alguém que amo de maneira a ajudar tal pessoa a elevar sua vida a um novo patamar para enfrentar e vencer suas batalhas particulares, certamente estes seriam os conselhos iniciais que eu daria, porque foram exatamente estes conselhos que transformaram completamente a visão que tenho hoje. Espero em Cristo que eles sejam tão úteis a você, leitor(a) e a sua vida, quanto foram e ainda estão sendo para minha.


Comentários

  1. Muito bons os conselhos 🙏🏻🥺. Conselhos estes que edificam muito🙏🏻🔥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Obrigado por deixar seu comentário aqui.
      Que Deus dê a você paz, saúde, sabedoria e sucesso.
      Grande abraço.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20 Neste texto nós vamos conversar um pouco sobre os benefícios que uma congregação saudável produz na vida de todos aqueles que fazem parte dela; e tenha em mente que congregar significa justamente se reunir com outras pessoas em nome de Jesus, como relatado em Mateus 18.20. Em vários dos textos que tenho compartilhado aqui, procurei falar sobre como o espírito do mundo se infiltrou nas congregações através dos séculos para corromper os sentidos daqueles que as compõem e desvirtuá-los de seguir o verdadeiro caminho de Cristo Jesus, induzindo muitos a praticar todo tipo de estranhezas, distorções da Palavra, e até, a desistir de congregar. Por isso também foi escrito que: "E vindo o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, Veio também Satanás entre eles." Jó 1.6 Quais são os benefícios de uma congregação saudável? Na verdade a lista de

A alegria do SENHOR é a vossa força. Neemias 8.10

"...Portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força." Neemias 8.10 No cristianismo há duas relações diretas que afetam grandemente a nossa vida caso tenhamos o devido conhecimento delas para usarmos da forma correta e a nosso favor. E que relações são estas? Como você já deve imaginar por causa do título deste texto estamos falando de alegria e força , assim como de tristeza e fraqueza, ou seja, alegria é igual a força e tristeza é igual a fraqueza; porém o foco de nossa conversa será completamente sobre as duas primeiras.  Cristãos conhecem profundamente isso e usam este entendimento a seu favor; o meu desejo ao escrever este texto é que você também possa fazer o mesmo de modo a fortalecer sua vida cada vez mais. Algumas pessoas podem ter certa dificuldade em entender a necessidade vital que os cristãos têm de se alegrar, de proteger e multiplicar a alegria; tais pessoas podem perguntar: Por que devo me alegrar se as c

“Clama a mim, e responder-te-ei...” Jeremias 33.3

“Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes.” Jeremias 33.3 Deus nunca se cala. Ele está sempre falando conosco, sempre nos respondendo, mesmo quando nos negamos a ouvi-lo; tal como está escrito em Jó 33.14, que diz: "Antes, Deus fala uma e duas vezes; porém ninguém atenta para isso." . Uma vez que qualquer pessoa clame a Deus a respeito de alguma situação ou petição, seja qual for; como foi escrito em Filipenses 4.6, que diz: “...Antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graça .” . Ele próprio afirma no texto de Jeremias 33.3 que responderá. E porque estou falando algo tão óbvio assim? Porque tenho percebido que para muitas pessoas não é tão óbvio; na verdade, já perdi as contas de quantas vezes eu ouvi alguém falar que orou, clamou, pediu e suplicou a Deus a respeito de algo, mas Ele não respondeu. Já ouvi pessoas falarem isso, ou algo semelhante, tant