Pular para o conteúdo principal

“Mas o justo viverá da fé...” Hebreus 10.38



“Mas o justo viverá da fé; e, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.” Hebreus 10.38

Você sabia que bilhões de pessoas no mundo atravessam a vida sem ter realmente vivido? Você sabia que bilhões de pessoas matam seus próprios sonhos porque não encontram fé para fazer com que se tornem realidade? Você sabia que milhões e milhões de pessoas, todos os dias, justamente por não adquirir fé ou por não pô-la em prática, acabam desistindo de sua missão pessoal de vida, assim como, também, renegando a sua grande visão existencial dada pelo próprio Deus?

E o que é viver?

Viver é caminhar na direção de concretizar sua visão, realizar sua missão pessoal e alcançar os sonhos de Deus para nossa vida. Quem não possui o coração orientado para a conquista destes três objetivos não está vivendo de verdade, está apenas existindo de maneira vazia em uma vida sem propósito, mesmo que passe cem anos ou mais sobre a face da terra; mas, certamente este não é o desejo de Deus para os seus filhos. Nosso SENHOR deseja que todos os propósitos existenciais de seus filhos se cumpram; como está escrito: "Deleita-te também no Senhor, e ele concederá o que deseja o teu coração.". Salmos 37.4

Entretanto é importante saber que:

A humanidade não foi feita para "viver" em função unicamente de dinheiro e bens materiais;
A humanidade não foi criada para "viver" somente em função da busca por prazer;
A humanidade não foi concebida para "viver" apenas em função de si mesmo;
A humanidade não foi gerada para "viver" negligenciando sua maior vocação.

E que vocação é essa?

A própria Fé em Cristo Jesus, que é "...Autor e consumador da fé..." Hebreus 12.2. O Criador absoluto dos céus, da terra e de tudo o que neles há.

A fé é a base sólida da vida das pessoas que compreendem e conseguem verdadeiramente viver, ou seja, cumprindo os propósitos de Deus durante o período de sua caminhada na terra.

Quando você decidir que vai começar a viver de verdade, da forma como Cristo espera que você faça, ou seja, concretizar a sua visão, realizar sua missão e alcançar os sonhos que Ele tem para a sua vida; geralmente, as únicas peças deste gigantesco quebra-cabeças que você terá no princípio da caminhada serão justamente a fé que o fez tomar tal decisão e a própria decisão; porém, não faça como os mundanos, não subestime o potencial titânico que estas duas "pequenas" peças possuem, porque mesmo "pequena", a fé é capaz de gerar transformações fora da compreensão humana, como está escrito em: "... Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá - e há de passar; e nada vos será impossível." Mateus 17.20 .

É normal que todo começo de caminhada seja ligeiramente complicado, mas não confunda complicação com confusão. Também é normal sentir, no princípio, que nossa decisão está incompleta, como se estivesse faltando algumas, ou até, muitas, peças. A grande maioria das vezes, as pessoas que decidem usar a fé para viver a vida que Deus separou para elas, concretizando sua visão, realizando sua missão e alcançando seus verdadeiros sonhos; sabem o que devem fazer ou para onde devem seguir, mas não fazem qualquer ideia de como agir para alcançar tal patamar. Ao decidir que enfrentaria o gigante, Davi não sabia a maneira como sairia vitorioso daquele confronto, mas ele tinha certeza absoluta de que enfrentar Golias era a coisa certa a ser feita, assim como, também sabia que seria o vencedor. 

As pessoas; e é provável que aconteça com você, ao tomar a decisão de usar a fé para conquistar seus verdadeiros sonhos, acabam se deparando muito mais com perguntas do que com respostas. Este é exatamente o momento em que muitos desistem de viver a vida como Deus desenhou para eles, abrem mão de sua missão, preferem negligenciar sua visão, eles retrocedem e voltam ao estado que eram antes da decisão; contentam-se e conformam-se em viver como a multidão mundana que os rodeiam; e isso acontece porque eles não sabem que, na vida real, ter mais perguntas do que respostas é a regra, principalmente no princípio da caminhada.

Seja qual for sua visão maior, seja qual for sua missão pessoal, sejam quais forem os seus  verdadeiros sonhos; é imprescindível  saber que a caminhada de quem realmente vive acontecerá sempre pela fé; a maior parte do tempo você não terá todas as peças e, por vezes, as peças que você tiver parecerão não se encaixar em nenhum lugar, mas não há motivo para confusão, desespero ou desistência, porque é assim mesmo que as coisas acontecem; só quem pode ver todas as peças deste gigantesco quebra-cabeças em nossa vida é o próprio Deus, nós caminhamos pela fé, como está escrito "Porque andamos por fé e não por vista." 2 Coríntios 5.7. Não tente obter todas as peças de sua caminhada de uma única vez porque isso não acontecerá e você vai se cansar, frustrar, recuar e desistir.

Infelizmente o mundo está repleto de pessoas que recuam, elas desistem, abrem mão de viver seus sonhos genuínos, sua visão e sua missão; e passam a justificar sua desistência tanto interiormente, para si mesmas, quanto exteriormente, para os outros ao redor e até mesmo diante do próprio Deus. Estas pessoas tornam-se frustradas na vida e consciente ou inconscientemente passam a existir apenas para espalhar sua frustração para outras pessoas. Mas não é este o entendimento dos cristãos; para todos os que são parecidos com Cristo, desistir não é uma opção, é uma escolha que nunca farão; e eu lhes digo o motivo:

Em momento algum Jesus pensou em soltar aquela pesada cruz que carregava por cada um de nós, em nenhum instante Cristo quis desistir de sua missão; e afirmo sem medo de errar que Nosso Senhor jamais imaginou fugir das provações que sofreu e do martírio pelo qual passou; como está escrito: "Ele foi oprimido, mas não abriu a boca; como um cordeiro, foi levado ao matadouro e, como ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu a boca." Isaías 53.7. 


Ele tinha uma visão: Salvar cada um de nós, todos quantos o aceitarem como Senhor e Salvador, espalhando o Amor e a Graça Divina, tornando o homem livre novamente tal como foi criado para ser no Jardim do Éden.

Ele tinha um sonho: Recuperar a humanidade dos estragos causados pelo pecado original e restabelecer plenamente o elo entre o ser humano e seu Criador e Deus.

Ele tinha uma missão: Fazer-se semelhante a nós para nos ensinar sobre A Verdade, O Caminho e A Vida; sofrer e morrer em nosso lugar, pagar todo o preço por nossas transgressões, vencer a morte através da ressurreição e retornar ao seu Magnificente Trono Altíssimo de Glória Onipotente, Onipresente e Onisciente.

Portanto, se Jesus viveu pela fé, sem retroceder; cabe a cada cristão fazer o mesmo, cada qual de acordo com aquilo que o próprio Deus propõe e revela no íntimo do nosso coração. Então eu pergunto:

Qual é a sua visão?
Qual são os seus verdadeiros sonhos?
Qual é sua missão?

Nossa fé nos ensina que não precisamos ter todas as peças deste grande quebra-cabeças para começarmos; a maioria delas será encontrada durante o caminho e com o tempo, elas irão se encaixando conforme avançarmos pela fé, mesmo aquelas que no princípio pareciam nem fazer parte de nossa vida. Todas vão se unir e quando olharmos para trás veremos claramente o panorama do trajeto percorrido, então compreenderemos que cada passo, cada atitude de fé estava contribuindo para construção de sua trajetória de vida; ou seja, cada peça se encaixou perfeitamente cooperando em nosso favor.

Então, se você deseja viver plenamente e verdadeiramente, precisa parar de adiar e começar imediatamente a sua caminhada mesmo com poucas ou nenhum a peça. Descubra qual é sua visão espiritual de vida, pois esta visão vai gerar um grande sonho que, por sua vez, vai mostrar claramente qual é a sua missão pessoal; sua caminha da de fé. Caminhe na direção de cumpri-la, a cada dia, e, estará verdadeiramente vivendo pela fé.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20 Neste texto nós vamos conversar um pouco sobre os benefícios que uma congregação saudável produz na vida de todos aqueles que fazem parte dela; e tenha em mente que congregar significa justamente se reunir com outras pessoas em nome de Jesus, como relatado em Mateus 18.20. Em vários dos textos que tenho compartilhado aqui, procurei falar sobre como o espírito do mundo se infiltrou nas congregações através dos séculos para corromper os sentidos daqueles que as compõem e desvirtuá-los de seguir o verdadeiro caminho de Cristo Jesus, induzindo muitos a praticar todo tipo de estranhezas, distorções da Palavra, e até, a desistir de congregar. Por isso também foi escrito que: "E vindo o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, Veio também Satanás entre eles." Jó 1.6 Quais são os benefícios de uma congregação saudável? Na verdade a lista de

A alegria do SENHOR é a vossa força. Neemias 8.10

"...Portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força." Neemias 8.10 No cristianismo há duas relações diretas que afetam grandemente a nossa vida caso tenhamos o devido conhecimento delas para usarmos da forma correta e a nosso favor. E que relações são estas? Como você já deve imaginar por causa do título deste texto estamos falando de alegria e força , assim como de tristeza e fraqueza, ou seja, alegria é igual a força e tristeza é igual a fraqueza; porém o foco de nossa conversa será completamente sobre as duas primeiras.  Cristãos conhecem profundamente isso e usam este entendimento a seu favor; o meu desejo ao escrever este texto é que você também possa fazer o mesmo de modo a fortalecer sua vida cada vez mais. Algumas pessoas podem ter certa dificuldade em entender a necessidade vital que os cristãos têm de se alegrar, de proteger e multiplicar a alegria; tais pessoas podem perguntar: Por que devo me alegrar se as c

Pedis e não recebeis, porque pedis mal... Tiago 4.3

"Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites." Tiago 4.3 Esta, sem dúvidas, é uma das frases mais conhecidas do livro de Tiago, mas durante algum tempo tive certa dificuldade de me aprofundar na grande lição contida nela. Será que você já conseguiu extrair deste versículo algo além daquilo que está na superfície? É o que tentaremos fazer agora. Creio que o hábito de pedir seja o mais intuitivo, natural e automático que possuímos, principalmente porque Jesus disse: "Pedi e dar-se-vos-a..." ; "o que pede recebe" e ainda, "tudo que pedirdes em meu nome eu o farei..." Somos ensinados e acostumados a pedir; há alguns até que se tornam viciados em fazê-lo, alguns tratam o Senhor absoluto do universo como se Ele fosse uma espécie de "gênio da bíblia", ou seja, na mentalidade destas pessoas Deus serve apenas para realizar seus desejos não importando o quão banais, vaidosos, egoístas, hedonista