Pular para o conteúdo principal

E dá fruto, um produz cem, outro, sessenta, e outro trinta. Mateus 13.23



“...Mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto, uma a cem, outro, sessenta e outro, trinta.” Mateus 13.23

Por que há diferença de produção entre as semente que caíram em boa terra? Por que uma produz a trinta, outra produz sessenta e outra produz cem? Você já se perguntou isso alguma vez?

Quando me detive em estudar esta passagem na bíblia, três perspectivas vieram ao meu coração e pretendo compartilhá-las com vocês nesta postagem; basicamente são três formas diferentes de ver o versículo 23 de Mateus 13; três visões que podem ser aplicadas em sua vida, tanto individualmente quando de maneira conjunta.

A primeira perspectiva que veio à minha mente foi: "Sementes diferentes produzem diferente"; a segunda foi: "Pessoas (solo, corações) diferentes produzem diferente"; e a terceira foi : "Sementes que recebem mais cuidados produzem diferente".

Então vamos começar examinando a primeira perspectiva.

* Sementes diferentes produzem diferente.

Quando decidimos construir uma vida cristã de verdade, passamos a atentar para uma coisa muito importante que já abordei aqui no blog antes, estou falando da nossa plantação pessoal para com Deus. Entendimentos poderosos e amplamente conhecidos como aquele citado em Gálatas 6.7 que diz: "...Tudo o que o homem semear, isso também ceifará.", assim como aquele citado em Eclesiastes 11.4 que diz: "Aquele que observa o vento nunca semeará...", e o que está em Salmos 126.5 que diz: "Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria.", passam a ter um sentido verdadeiramente prático em nossa existência; aprendemos que tudo o que pensamos e sentimos, mesmo que em um nível muito profundo de consciência; assim como tudo o que falamos e fazemos a nós mesmos, aos outros e a Deus, tudo isso são sementes que estão sendo plantadas diariamente, em nós e através de nós, nas demais pessoas; sementes estas que brotam desde o nosso âmago irrompendo por nossas camadas internas até se tornarem poderosas colunas do nosso viver; logo, sabendo disso, entendemos que devemos plantar sempre as melhores sementes; Amor, fé, esperança, crença, compaixão, amizade, alegria, felicidade, honra, fidelidade, lealdade, perseverança, generosidade e caridade são apenas algumas das sementes que devemos plantar no ponto mais profundo do nosso coração; porque nosso coração é o solo que vai permitir a tais sementes se desenvolverem plenamente; desde que o preparemos da forma correta para receber a Palavra como está escrito no versículo de abertura desta postagem: “...Mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra..." .Mateus 13.23

O ponto aqui é que todas estas sementes citadas acima, Fé, Amor, Esperança etc... Cada qual possui uma capacidade produtiva diferente, ou seja, o Amor, por exemplo, possui maior capacidade de gerar frutos do que a esperança e do que a fé; veja o que diz 1 Coríntios 13.13: "Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três: Porém o maior destes é o amor." E.R.A; isso significa que uma pessoa que planta Amor em sua vida consegue obter mais resultados do que aquele que planta apenas a Esperança ou apenas a fé; pois como bem sabemos "...A fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma." Tiago 2.17. É como se a semente do Amor tivesse capacidade de produzir a cem por um, enquanto que a esperança pode produzir a trinta por um, e não há nada de errado nisso; sementes diferentes produzem diferente; como na natureza.

Por este motivo devemos plantar o máximo de boas sementes que pudermos, ou seja, devemos plantar o Amor, mas também devemos plantar a Esperança; devemos plantar a Fé e também devemos plantar a Coragem; devemos plantar a Confiança, e também a Honra, por exemplo; devemos fazer isso porque algumas destas sementes espirituais vão gerar uma colheita multiplicada a trinta, outras, a sessenta, e outras, a cem, cada qual segundo a sua espécie e capacidade. Desta forma vamos obter uma colheita abundantemente sortida daquelas sementes plantadas e teremos frutos mais do que o suficiente para nossa vida e para compartilhar com as outras pessoas seja Amor, seja Fé, seja Generosidade, lealdade; ou qualquer outro bom fruto divino. 

* Pessoas (solo, corações) diferentes produzem diferente.

Não compare a sua plantação e sua colheita com a de qualquer outra pessoa que caminha ou já caminhou sobre a face da terra, porque você é uma pessoa única e insubstituível para Deus, logo, sua plantação também é única, insubstituível e diz respeito apenas a você. Ás vezes uma pessoa que você julga que está produzindo a cem, pode, na verdade, estar produzindo a trinta; o que ocorre é que nós, sempre que fazemos comparações (absolutamente sempre) o fazemos baseado em nossa visão humana das coisas e por este motivo não conseguimos ter a real dimensão nem da nossa plantação, tampouco da plantação alheia.

O ponto aqui é que pessoas diferentes produzem diferente e isso é normal; algumas pessoas vão produzir trinta, outras sessenta e outros cem; o importante é que aqueles que produzem trinta, que estes trinta sejam sua máxima capacidade de produção; da mesma forma aqueles que produzem sessenta e cem, que suas respectivas produções sejam o máximo que podem fazer. A questão não diz respeito a produzir mais ou menos do que outras pessoas, e sim a produzir diferente cada qual segundo sua capacidade fazendo o seu melhor para Deus.

Se você tem feito o seu melhor no seu relacionamento com Deus, no aprendizado, na obediência à Palavra Divina e na aplicação da fé viva em sua vida e na de outras pessoas ao seu redor; não se compare com alguém que você julga estar produzindo mais, porque você pode estar produzindo trinta sendo este o seu máximo enquanto que aquele que você imagina estar fazendo melhor pode estar produzindo sessenta quando deveria produzir cem. Faça o seu melhor e siga em frente.

* Sementes que recebem mais cuidados produzem diferente.

Durante cinco anos da minha vida eu fiz uma experiência; plantei separadamente duas sementes de uma árvore chamada pitanga; uma delas foi plantada em uma parte do quintal da minha casa com abundância de terra fértil e luminosidade, a deixei lá para que se desenvolve-se por ela mesma. A outra foi plantada em um lugar diferente do mesmo quintal, também com abundância de terra fértil e luminosidade, só que a esta eu me dediquei pessoalmente e diligentemente a cuidar dela mais do que da primeira, ou seja, todos os dias eu a regava, constantemente adubava a terra e tomava todos os cuidados para que esta tivesse pleno desenvolvimento; depois que a semente germinou e iniciou seu crescimento, eu continuei fazendo minha tarefa de adubar, regar, podar e etc... Adivinhem qual foi o resultado após cinco anos? Exatamente isso que vocês estão pensando; aquela planta a qual eu estava me dedicando a cuidar se desenvolveu mais e melhor do que a outra.

E o que isso me ensinou?

Que as sementes que recebem mais cuidados produzem diferente; elas se desenvolvem mais rápido e melhor; logo, são capazes de multiplicar a quantidade de frutos que podem produzir. Espiritualmente também é assim; plantar boas sementes em nosso coração já é uma grande coisa, visto que muitos não o fazem; mas há como tornar esta experiência em algo ainda mais produtivo; e o jeito para isto acontecer é cuidando diligentemente e diariamente das sementes que você plantar.

Você é o guardião de seu próprio coração; é sua responsabilidade fazer com que ele seja uma terra fértil para o plantio das sementes divinas; mas, além disso, também é sua inteira responsabilidade escolher e plantar as melhores sementes, e não apenas plantá-las, mas zelar pelo desenvolvimento de cada uma delas até que estejam prontas para serem colhidas, cada qual produzindo em seu nível máximo seja ele cem, sessenta ou trinta.


Comentários

  1. Amém irmão entendo agora o que quer dizer está palavra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá irmão.
      Fico contente que este texto seja útil. Deus abençoe você em abundância.

      Excluir
    2. Olá! Obrigado por deixar seu comentário aqui.
      Que a Luz de Cristo ilumine você e todos ao seu redor.

      Excluir
  2. Tudo que eu precisava saber obgd. Deus abençoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alegro-me que o texto tenha sido útil a você. Obrigado por sua visita, leitura e comentário. Deus abençoe sua vida.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Olá! Eu é que agradeço a você por seu comentário. Que Deus abençoe sua vida em abundância.

      Excluir
  4. Muito edificante essa palavra sempre me perguntei a respeito desse trecho de Mateus 13 e hoje pude ter uma compreensão com clareza a respeito dessas medidas , muito obrigado Deus abençoe você grandemente cada dia mais e mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Orleilson!
      Fico contente em saber que este texto foi útil a você.
      Obrigado por sua visita e comentário aqui, pois já são bênçãos de Deus para mim.
      Que todas as sementes que você tem plantado em Cristo Jesus produzam em abundância.

      Excluir
  5. Deus abençoe, abriu mais minha mente 🙏

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      É bom saber que este texto foi útil a você.
      Obrigado por deixar seu comentário qui.
      Que Deus te dê, cada vez mais, paz, saúde, sabedoria e sucesso.

      Excluir
  6. Excelente discernimento dessa parábola... Percebo claramente que foi agraciado pelo Espírito Santo nessa compreensão, que o Pai continue usando sua vida poderosamente, Shalom !
    Se tiver página que fale da palavra do Senhor Deus no Instagram deixe aqui que vou seguir... parabéns Luis !😄

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denis!
      Obrigado por deixar seu comentário aqui.
      Fico muito alegre em saber que você gostou deste texto.
      Atualmente eu não tenho mais Instagram nem Facebook.
      Que o SENHOR, nosso Deus, te aumente mil vezes mais do que sois; e te abençoe como te tem falado.
      Paz.

      Excluir
  7. Ainda não tinha entendido claramente essa parte do versículo 8. Foi muito edificante esse esclarecimento. Obrigado, Deus continue te abençoando e dando-lhe sabedoria para estar ajudando-nos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Muito obrigado por deixar seu comentário aqui, pois ele já é uma bênção de Deus para mim.
      Fico contente em saber que esse texto foi útil a você.
      Que a Divina Luz de Cristo brilhe cada vez mais intensamente através da sua vida.

      Excluir
  8. Maravilhoso esclarecimento! Maravilhosa contribuição ! Gratidao 🌈

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andrhea!
      É com imensa satisfação que falo com você através desse comentário.
      Fico contente em saber que você gostou do texto.
      Obrigado por suas gentis palavras.
      Que todas as boas sementes que há em você frutifiquem, cada qual de acordo com a vontade de Deus, para abençoar a sua vida e a de todos ao seu redor.
      Grande abraço.

      Excluir
  9. Que explicação abençoada 🙏 que Deus continue te usando,e que suas sementes cresça e produza muito mais .pq essa semente que vc lançou está frutífera até mesmo nos dias de hj 12/10/2022.Deus seja louvado 🙌

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Karine!
      Agradeço a Deus por poder falar com você através desse comentário. Obrigado por deixá-lo aqui.
      Fico contente em saber que você gostou do texto.
      Que a Luz de Cristo ilumine a sua vida e a vida de todos ao seu redor.
      Grande abraço. 💖👍😊

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20 Neste texto nós vamos conversar um pouco sobre os benefícios que uma congregação saudável produz na vida de todos aqueles que fazem parte dela; e tenha em mente que congregar significa justamente se reunir com outras pessoas em nome de Jesus, como relatado em Mateus 18.20. Em vários dos textos que tenho compartilhado aqui, procurei falar sobre como o espírito do mundo se infiltrou nas congregações através dos séculos para corromper os sentidos daqueles que as compõem e desvirtuá-los de seguir o verdadeiro caminho de Cristo Jesus, induzindo muitos a praticar todo tipo de estranhezas, distorções da Palavra, e até, a desistir de congregar. Por isso também foi escrito que: "E vindo o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, Veio também Satanás entre eles." Jó 1.6 Quais são os benefícios de uma congregação saudável? Na verdade a lista de

Pedis e não recebeis, porque pedis mal... Tiago 4.3

"Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites." Tiago 4.3 Esta, sem dúvidas, é uma das frases mais conhecidas do livro de Tiago, mas durante algum tempo tive certa dificuldade de me aprofundar na grande lição contida nela. Será que você já conseguiu extrair deste versículo algo além daquilo que está na superfície? É o que tentaremos fazer agora. Creio que o hábito de pedir seja o mais intuitivo, natural e automático que possuímos, principalmente porque Jesus disse: "Pedi e dar-se-vos-a..." ; "o que pede recebe" e ainda, "tudo que pedirdes em meu nome eu o farei..." Somos ensinados e acostumados a pedir; há alguns até que se tornam viciados em fazê-lo, alguns tratam o Senhor absoluto do universo como se Ele fosse uma espécie de "gênio da bíblia", ou seja, na mentalidade destas pessoas Deus serve apenas para realizar seus desejos não importando o quão banais, vaidosos, egoístas, hedonista

A alegria do SENHOR é a vossa força. Neemias 8.10

"...Portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força." Neemias 8.10 No cristianismo há duas relações diretas que afetam grandemente a nossa vida caso tenhamos o devido conhecimento delas para usarmos da forma correta e a nosso favor. E que relações são estas? Como você já deve imaginar por causa do título deste texto estamos falando de alegria e força , assim como de tristeza e fraqueza, ou seja, alegria é igual a força e tristeza é igual a fraqueza; porém o foco de nossa conversa será completamente sobre as duas primeiras.  Cristãos conhecem profundamente isso e usam este entendimento a seu favor; o meu desejo ao escrever este texto é que você também possa fazer o mesmo de modo a fortalecer sua vida cada vez mais. Algumas pessoas podem ter certa dificuldade em entender a necessidade vital que os cristãos têm de se alegrar, de proteger e multiplicar a alegria; tais pessoas podem perguntar: Por que devo me alegrar se as c