Pular para o conteúdo principal

"...Tende bom ânimo..." Josué 1.9




"...Esforça-te e tem bom ânimo..." Josué 1.9

A passagem bíblica acima nos dá dois conselhos valiosíssimos; esforça-te e tem bom ânimo. Em breve farei outra postagem falando sobre o "Esforça-te". Mas esta postagem terá como foco o segundo conselho. "Tem bom ânimo".
Uma das coisas mais importantes em nosso dia a dia é a motivação com a qual fazemos todas as tarefas, desde as menores até as maiores; seja para escrever um livro ou se dedicar a qualquer projeto pessoal e ou profissional que você se disponha a realizar. Entenda a motivação como um “Motivo para Ação” na busca por um objetivo, sonho ou missão. Isso é o que na passagem de Josué 1.9 significa bom ânimo.
Ter bom ânimo é estar motivado para realizar alguma coisa. Um bom ânimo/motivação é o que nos impulsiona para frente para que continuemos caminhando mesmo quando as circunstâncias parecem ficar contra nós, ou mesmo quando a alegria parece ter fugido. "Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltarão, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos." Salmos 126.6
O bom ânimo/motivação fará com que continuemos trabalhando, com que continuemos caminhando, com que continuemos semeando mesmo que ninguém mais acredite em nós ou em nossos projetos, sonhos e metas. E é a motivação que por fim fará nossos atos gerarem frutos que trarão muita alegria em breve, "voltarão, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos."
Algumas vezes o mundo tentará jogar contra nós, mas aqueles que mantiverem sua motivação, ou seja, seu bom ânimo, conseguirão seguir em frente; Jesus disse: "... no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo."

Pessoas que têm bom ânimo, ou seja, pessoas motivadas, continuam caminhando em direção ao resultado que desejam. Isso faz toda diferença.


Dito isso vamos prosseguir:

Ao traçarmos um objetivo, precisamos identificar quais os motivos que nos impulsionam a perseverar na busca por alcançar aquele objetivo. A motivação deve estar presente em toda a nossa vida e as pessoas que alcançam mais sucesso (entenda sucesso como a obtenção de um objetivo definido) são aquelas capazes de se manter mais motivadas, pelo simples fato de que a motivação gera foco e foco gera resultado.

Acompanhe esta sequência virtuosa dividida em seis etapas:

Etapa 1: Fé
Etapa 2: Objetivo;
Etapa 3: Motivação;
Etapa 4: Foco;
Etapa 5: Persistência;
Etapa 6: Resultado.

Ser capaz de se manter motivado é a habilidade de administrar sua motivação, ou seja, seus motivos para ação, mantendo-os em um nível elevado o máximo de tempo possível. Para isso é necessário identificar alguns fatores que podem influenciar sua motivação positiva ou negativamente e trabalhar sobre eles.
Existem muitos fatores que influenciam o nosso nível de motivação para mais ou para menos, portanto vou citar apenas alguns deles e farei um breve comentário sobre cada um.
Começando pelos fatores negativos:

Medo: Alguém já disse que sentir medo é normal, mas ser dominado por ele não. O medo é uma condição humana e pode se fazer presente principalmente em situações completamente novas ou desconhecidas. Mas é necessário superar os medos e enfrentar os desafios; pessoas com medo não conseguem se motivar. "Porque Deus não nos deu espírito de temor..." 2 Timóteo 7.7

Falta de confiança em si mesmo: Em alguns casos a confiança supera o talento, muitas pessoas talentosas não alcançam sucesso porque não confiam naquilo que podem fazer, elas olham para as circunstâncias ao redor e não para a capacidade que possuem. Não há motivação plena sem confiança. "...diga o fraco: Sou forte". Joel 3.10

Impaciência: Nada acontece de uma hora para outra, tudo tem um tempo de desenvolvimento; algumas coisas são mais velozes e outras menos, mas todas possuem um tempo. Compreender e respeitar isso contribui para que sua motivação não se perca durante o período. "Tudo tem seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu." Eclesiastes 3.1

Baixa auto-estima: Algumas pessoas têm uma auto-estima baixa e com essa postura dificilmente conseguirão se motivar ou permanecer motivadas de uma forma satisfatória; é preciso identificar isso e em seguida aprender mecanismos para tratar esta baixa auto-estima, do contrário, seu processo motivacional não terá efeito.

Agora vamos falar um pouco de alguns fatores que melhoram seu nível de motivação.

Fé: A fé é a base da sua visão; ela é a sustentação de tudo sobre o que sua motivação vai ser construída. É a fé que sustenta sua visão, sua persistência, seu foco. "...a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam..." Hebreus 11.1

Visão: A visão é o âmago, o centro, de nossa motivação, é aquilo que gerou nossa vontade inicial de conquistar algo. Ex: O desejo de melhorar sua condição financeira, comprar uma casa ou um carro, fazer uma viagem ou um intercâmbio, montar uma empresa, casar, melhorar enquanto ser humano ou enquanto profissional, conseguir uma promoção, etc..
Manter os olhos na visão, ou seja, no seu motivo, é crucial para se estimular durante a jornada; Viktor Frankl, famoso médico psiquiatra austríaco, disse:

 “Quem tem um ‘porquê’ suporta qualquer ‘como’”.  Sua visão é o seu ‘Porquê’.

Tirar os olhos de sua visão ou deixar de ser fiel a ela vai levá-lo fatalmente a um processo de desinteresse e falta de compromisso consigo mesmo e com aquilo que você inicialmente desejava. Esse é um dos motivos porque muitas pessoas começam coisas e não prosseguem; em algum ponto do caminho elas perdem a atenção que deveriam dar à sua visão inicial. Atente sempre para isso.

Estímulos: Às vezes, durante o percurso que temos de seguir para alcançar nossos objetivos, o dia a dia começa a pesar; a distância que ainda temos de trilhar parece ficar cada vez maior e é nessa hora que entra uma ferramenta crucial para manter a motivação elevada, os estímulos. Procure se estimular com pequenas recompensas à medida que seus avanços forem ocorrendo. No meu caso um bom passeio de escuna, uma visita ao cinema, a compra de um livro ou conhecer um lugar novo já é o suficiente para me manter estimulado. Descubra o que estimula você no dia a dia e procure empregar tais coisas sempre que você notar que é necessário.

Organização: Este tópico é de extrema importância; porque sem organização dificilmente se chega ao lugar em que se deseja. Procure gerenciar sua vida de uma forma equilibrada; seu tempo, sua atenção e seus esforços precisam ter definições claras para que você não fique confundido. O palestrante cristão John C. Maxwell, um dos maiores treinadores de líderes do mundo, disse o seguinte: “Não administre seu tempo, administre sua vida”.
Não é que o tempo não seja importante, porque ele é, e muito, porém o tempo é igual para todos
Algumas pessoas falham em tentar administrar seu tempo de uma maneira isolada quando todo o resto de suas vidas continua de uma forma desorganizada. Maxwell diz que é melhor, mais produtivo e mais eficaz organizar a vida como um todo; todos os pontos que compõem a nossa vida, e adequá-los às nossas disponibilidades temporais. Procure dar alguma atenção a isso.

Otimismo: Ser otimista não é fingir que todas as coisas estão sempre indo muito bem. Otimismo é uma postura equilibrada que nos faz pensar e procurar o melhor em nós mesmos, nos outros e em cada situação. Uma postura otimista significa enxergar as coisas de um modo positivo, inclusive os erros e falhas que cometemos no trajeto. Pois com isso é possível se retirar valiosas lições de nossas falhas e fracassos, e, a partir deste aprendizado, não cometer mais os mesmos erros. No livro de Filipenses 4.8 esta escrito: "...Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai". Isso é ser otimista; pensar desta forma, procurando o que é verdadeiro, honesto, justo, puro, amável e de boa fama em relação a qualquer situação da vida.

A partir do momento em que você começar a trabalhar de forma a acrescentar os fatores motivadores e reduzir os desmotivadores em sua vida, os resultados serão percebidos imediatamente. Desta forma os objetivos traçados serão alcançados de uma maneira mais eficaz.

Faça o teste; crie uma visão, trace metas, identifique quais fatores podem desmotivá-lo de cumprir as etapas para a obtenção de seu objetivo; trate estes fatores e procure aplicar e agregar ao seu cotidiano e ao seu estilo de vida os fatores que aumentam sua motivação.

Comentários

  1. Respostas
    1. Olá Rosangela!
      Obrigado por deixar seu comentário aqui.
      Que Deus dê a você, paz, saúde, sabedoria e sucesso.

      Excluir
  2. Glórias a Deus,
    Obrigada, o texto ajudou muito, e continua ajudando!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      É com alegria que leio o seu comentário. Obrigado por deixá-lo aqui.
      Fico contente em saber que o texto foi útil a você.
      Que a sabedoria de Cristo governe você em todos os seus pensamentos, sentimentos, emoções, palavras e ações.
      Grande abraço.👍😊

      Excluir
  3. Muito bom mesmo! Deus continue usando sua vida como canal de bênçãos sempre.
    Deus abençoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      É com alegria que leio e respondo ao seu comentário aqui. Saiba que ele já é uma bênção de Deus para mim.
      Fico contente em saber que você gostou do texto.
      Que a luz de Cristo sempre brilhe intensamente através de você.
      Grande abraço.😊

      Excluir
  4. Respostas
    1. Olá!
      Obrigado por comentar aqui.
      Que você se fortaleça cada vez mais na Graça que há em Cristo Jesus.
      Grande abraço.😊💖

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20 Neste texto nós vamos conversar um pouco sobre os benefícios que uma congregação saudável produz na vida de todos aqueles que fazem parte dela; e tenha em mente que congregar significa justamente se reunir com outras pessoas em nome de Jesus, como relatado em Mateus 18.20. Em vários dos textos que tenho compartilhado aqui, procurei falar sobre como o espírito do mundo se infiltrou nas congregações através dos séculos para corromper os sentidos daqueles que as compõem e desvirtuá-los de seguir o verdadeiro caminho de Cristo Jesus, induzindo muitos a praticar todo tipo de estranhezas, distorções da Palavra, e até, a desistir de congregar. Por isso também foi escrito que: "E vindo o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, Veio também Satanás entre eles." Jó 1.6 Quais são os benefícios de uma congregação saudável? Na verdade a lista de

Pedis e não recebeis, porque pedis mal... Tiago 4.3

"Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites." Tiago 4.3 Esta, sem dúvidas, é uma das frases mais conhecidas do livro de Tiago, mas durante algum tempo tive certa dificuldade de me aprofundar na grande lição contida nela. Será que você já conseguiu extrair deste versículo algo além daquilo que está na superfície? É o que tentaremos fazer agora. Creio que o hábito de pedir seja o mais intuitivo, natural e automático que possuímos, principalmente porque Jesus disse: "Pedi e dar-se-vos-a..." ; "o que pede recebe" e ainda, "tudo que pedirdes em meu nome eu o farei..." Somos ensinados e acostumados a pedir; há alguns até que se tornam viciados em fazê-lo, alguns tratam o Senhor absoluto do universo como se Ele fosse uma espécie de "gênio da bíblia", ou seja, na mentalidade destas pessoas Deus serve apenas para realizar seus desejos não importando o quão banais, vaidosos, egoístas, hedonista

A alegria do SENHOR é a vossa força. Neemias 8.10

"...Portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força." Neemias 8.10 No cristianismo há duas relações diretas que afetam grandemente a nossa vida caso tenhamos o devido conhecimento delas para usarmos da forma correta e a nosso favor. E que relações são estas? Como você já deve imaginar por causa do título deste texto estamos falando de alegria e força , assim como de tristeza e fraqueza, ou seja, alegria é igual a força e tristeza é igual a fraqueza; porém o foco de nossa conversa será completamente sobre as duas primeiras.  Cristãos conhecem profundamente isso e usam este entendimento a seu favor; o meu desejo ao escrever este texto é que você também possa fazer o mesmo de modo a fortalecer sua vida cada vez mais. Algumas pessoas podem ter certa dificuldade em entender a necessidade vital que os cristãos têm de se alegrar, de proteger e multiplicar a alegria; tais pessoas podem perguntar: Por que devo me alegrar se as c