Pular para o conteúdo principal

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Tiago 4.7

Resistir ao diabo.



“Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” Tiago 4.7

Eis aqui uma passagem um tanto quanto mal compreendida. Desejo falar com vocês neste texto sobre esse versículo importantíssimo para o viver cristão e o meu foco estará colocado sobre o que creio ser o ponto central do versículo. O entendimento do que é resistir ao diabo e de como fazer isso.

Você sabe o que é resistir?
RESISTIR: Lutar contra, Defender-se

No versículo acima a palavra resistir tem o significado de confrontar, assim como nessa outra passagem:

“E chegando Pedro à Antioquia; lhe resisti (confrontei) na cara, porque era repreensível...” Gl 2.11

E também em Tiago 4.6:

"...Deus resiste aos soberbos...."

Nesse contexto vejamos o que o dicionário diz sobre a palavra confrontar:

1: Pôr-se em confronto;
2: Brigar

Na bíblia versão NTLH esse mesmo versículo de Tg 4.7 aparece desta forma; e é minha forma preferida:


“Portanto, Obedeçam a Deus e enfrentem o diabo, que ele fugirá de vocês”.

Pesquisando mais um pouco eu cheguei a uma versão que gostei ainda mais; a versão básica em inglês coloca o versículo assim:

“For this cause be ruled by god; but make war on de Evil One and He Will be put to flight before you”.

Numa tradução livre fica da seguinte forma:

“Por esta causa sejam governados por Deus, mas façam guerra contra o maligno e ele será posto em fuga diante de vocês.”

O que eu mais gostei nessa tradução foi o “Façam guerra contra o maligno”, porque é exatamente o que o versículo quer transmitir, ou seja, a forma de pôr o maligno em retirada é confrontando ele (todos nós sabemos que se confronta o maligno com a Palavra de Deus, como Jesus fez no deserto e em muitas outras vezes).

Portanto de agora em diante lembre-se:
Resistir ao diabo não é ficar sofrendo seus ataques passivamente e tentando fazer força para não ceder a eles; pelo contrário, é enfrentá-lo com toda a força e poder da Palavra Divina, de forma a pô-lo em fuga o mais rápido possível.


Leia os relatos de Lc 4.1-13 e Mt 4.1-11 e veja se Jesus estava apenas sofrendo a tentação ou se Ele estava confrontando o inimigo para colocá-lo em fuga.

Comentários

  1. to adorando os textos deste blog...maravilha. Sao pastores? de que igreja, por favor. meu email pessoal é marli.santoss@uol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha gostado dos textos, na verdade são escritos por mim; me chamo Luiz Cézar, sou escritor e estou compartilhado no blog tudo o que Deus tem me ensinado; cada texto foi resultado de um ensinamento que transformou a minha vida e creio que pode ser útil a outras pessoas também.

      Excluir
  2. Uma benção esta mensagem! Que o Senhor continue te abençoando e lhe usando! Também senti no meu coração a vontade de ajudar pessoas pelo ensino da Palavra de Deus, tenho ficado muito feliz em poder contribuir com a obra do Senhor de uma maneira diferente, e que tem edificado vidas! Escrevi esses dias atrás uma mensagem que trata também deste mesmo assunto, que é resisti ao diabo, caso queira dar uma lida, este é o endereço: https://geracaobiblia.com/sujeitai-vos-a-deus-e-resisti-ao-diabo-ele-fugira-de-vos/
    Se gostar deixe lá também o seu comentário irmão do blog http://pergaminhoseventuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá irmão Anderson Luiz.
      Agradeço a você por sua visita, leitura e comentário. Certamente farei o mesmo por você. Que Deus o abençoe e lhe dê inspiração para escrever de modo a ajudar muitas pessoas. Paz, saúde e sucesso.

      Excluir
  3. Muito bom mesmo irmão! Deus abençoe sua vida hj e sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá irmã Ana.
      Obrigado por deixar seu gentil comentário aqui.
      Que Jesus ilumine e derrame bênçãos transbordantes sobre você, sua família e todos ao seu redor.

      Excluir
  4. Bom dia ! Esse texto me ajudou incrívelme. Estava procurando uma palavra de Deus pra minha vida hj e essa me veio confrontar, me ensinar,me alertar para o eu devo fazer. Estou passando um período turbulento e não sabia o que fazer. Agora sei, essa palavra me abriu os olhos. Que maravilha! Explicação ótima! Agradeço muito. Deus continue lhe usando para abençoar outras vida. A paz do Senhor esteja sempre com vcs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Obrigado por deixar seu comentário aqui.
      Fico satisfeito em saber que esse texto foi útil a você. Agradeço a Deus por isso.
      Que jesus Cristo derrame sobre você, e sobre todos ao seu redor, paz, saúde, sabedoria e sucesso.

      Excluir
  5. Amém amigo. Que o SENHOR DEUS, nos dê a força suficiente para vencermos o malígno. Muito bom o seu texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Savio!
      Obrigado por comentar aqui.
      Que você se fortaleça cada vez mais na maravilhosa Graça, e no poderoso Amor, que há em Cristo Jesus.
      Grande abraço.
      Seja feliz.😊

      Excluir
    2. Graça e Paz. Obrigada por esse texto conciso e verdadeiro. Deus o abençoe grandemente. Deus muito me esclareceu...peço orações em favor de minha vida.

      Excluir
    3. Olá Marcia! Graça e Paz.
      Obrigado por deixar o seu comentário aqui.
      Fico contente em saber que o texto foi útil a você. Louvo a Deus por isso.
      Estarei orando em seu favor.
      Que Cristo conceda paz, saúde, sabedoria e sucesso a você.
      Grande abraço.🙂❤️

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20 Neste texto nós vamos conversar um pouco sobre os benefícios que uma congregação saudável produz na vida de todos aqueles que fazem parte dela; e tenha em mente que congregar significa justamente se reunir com outras pessoas em nome de Jesus, como relatado em Mateus 18.20. Em vários dos textos que tenho compartilhado aqui, procurei falar sobre como o espírito do mundo se infiltrou nas congregações através dos séculos para corromper os sentidos daqueles que as compõem e desvirtuá-los de seguir o verdadeiro caminho de Cristo Jesus, induzindo muitos a praticar todo tipo de estranhezas, distorções da Palavra, e até, a desistir de congregar. Por isso também foi escrito que: "E vindo o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, Veio também Satanás entre eles." Jó 1.6 Quais são os benefícios de uma congregação saudável? Na verdade a lista de

Pedis e não recebeis, porque pedis mal... Tiago 4.3

"Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites." Tiago 4.3 Esta, sem dúvidas, é uma das frases mais conhecidas do livro de Tiago, mas durante algum tempo tive certa dificuldade de me aprofundar na grande lição contida nela. Será que você já conseguiu extrair deste versículo algo além daquilo que está na superfície? É o que tentaremos fazer agora. Creio que o hábito de pedir seja o mais intuitivo, natural e automático que possuímos, principalmente porque Jesus disse: "Pedi e dar-se-vos-a..." ; "o que pede recebe" e ainda, "tudo que pedirdes em meu nome eu o farei..." Somos ensinados e acostumados a pedir; há alguns até que se tornam viciados em fazê-lo, alguns tratam o Senhor absoluto do universo como se Ele fosse uma espécie de "gênio da bíblia", ou seja, na mentalidade destas pessoas Deus serve apenas para realizar seus desejos não importando o quão banais, vaidosos, egoístas, hedonista

A alegria do SENHOR é a vossa força. Neemias 8.10

"...Portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força." Neemias 8.10 No cristianismo há duas relações diretas que afetam grandemente a nossa vida caso tenhamos o devido conhecimento delas para usarmos da forma correta e a nosso favor. E que relações são estas? Como você já deve imaginar por causa do título deste texto estamos falando de alegria e força , assim como de tristeza e fraqueza, ou seja, alegria é igual a força e tristeza é igual a fraqueza; porém o foco de nossa conversa será completamente sobre as duas primeiras.  Cristãos conhecem profundamente isso e usam este entendimento a seu favor; o meu desejo ao escrever este texto é que você também possa fazer o mesmo de modo a fortalecer sua vida cada vez mais. Algumas pessoas podem ter certa dificuldade em entender a necessidade vital que os cristãos têm de se alegrar, de proteger e multiplicar a alegria; tais pessoas podem perguntar: Por que devo me alegrar se as c