Pular para o conteúdo principal

Cuidado com a prostituição espiritual.




“E tomaste as tuas jóias de enfeite, que eu te dei do meu ouro e da minha prata, e fizeste imagens de homens, e te prostituíste com elas.” Ezequiel 16.17
  
A bíblia fala sobre dois tipos de prostituição. A física e a espiritual. Ambas possuem peso semelhante, ou seja, são pecado; e são igualmente perigosas e prejudiciais, mas uma delas não é tão simples de ser detectadas; não sem alguma introspecção sincera à luz das escrituras.
A prostituição física todos nós sabemos o que é; pessoas que alugam ou “emprestam” seus corpos ou mentes por dinheiro, favores, influência, status, vaidades e etc. Isso está claro. Por ser algo físico, se formos sinceros conosco mesmo conseguiremos identificar este tipo de prostituição à distância, podendo assim desviar nosso caminho dele com certa facilidade. Porém, com a prostituição espiritual é um pouco mais complicado porque ela é mais sorrateira.

Então o que é a prostituição espiritual? E como identificá-la claramente?


Veja o versículo 17 do capítulo 16 no livro do profeta Ezequiel. Diz assim:

“E tomaste as tuas jóias de enfeite, que eu te dei do meu ouro e da minha prata, e fizeste imagens de homens, e te prostituíste com elas.”

Neste versículo Deus estava dizendo que a cidade de Jerusalém estava se prostituindo diante de imagens feitas pelas mãos de homens. Leia o relato completo e emocionado no capítulo 16 do livro de Ezequiel para ter uma maior compreensão.

No versículo 18 do mesmo capítulo está escrito o seguinte:

“...e tomaste as tuas vestes bordadas e as cobristes (as imagens); e o meu óleo e o meu perfume puseste diante delas...”

Neste versículos, Deus estava dizendo que Jerusalém tirava dos presentes que recebera do Senhor (vestes bordadas) e das ofertas que deviam ser para Deus (Óleo e perfume) e dava tudo às imagens de deuses estranhos.
Ora, esta é a prostituição; ou seja, tomar daquilo que você deve dar a Deus (como fizeram com o óleo e o perfume) ou daquilo que Deus lhe dá (como fizeram com as jóias e as vestes bordadas) e entregar de qualquer forma para qualquer outra pessoa. Isso é se prostituir espiritualmente.
Isso nos ensina que não são apenas as pessoas que alugam seus corpos que se prostituem, mas também aquelas que, por exemplo: trocam favores escusos, tomam das dádivas que receberam de Deus e dão a outros, empregando-as de forma ilícita, ou tomam das ofertas de Deus e as oferecem para qualquer outra pessoa. Fixe a frase seguinte nos seus pensamentos:

As ofertas do Senhor são para Ele e somente para Ele.

E esta outra:

Os dons e talentos que Deus colocou em sua vida são seus para usar segundo a vontade Dele e não segundo a sua.

Vou citar um exemplo muito simples que vai ilustrar tudo o que foi dito até agora neste capitulo/postagem:
A pessoa que toma o dízimo que pertence a Deus e o gasta ou “investe” em qualquer outra coisa, mesmo que esta seja lícita, como colocar na poupança, por exemplo; essa pessoa está se prostituindo espiritualmente; ela está tomando algo que pertence ao Senhor (como o perfume e o óleo do versículo 18 de Ezequiel 16) e dando outra destinação quando o correto é entregar unicamente ao Senhor tudo aquilo que Lhe pertence. E, além disso, ainda está roubando a Deus como é dito no livro de Malaquias 3.

Mas você pode estar pensando que é e sempre foi fiel a Deus com seu dízimo e, portanto, nada desta mensagem tem a ver com sua vida. Se este é o seu caso, parabéns; continue sendo fiel, mas agora vamos ampliar um pouco mais o entendimento.  Não são apenas com dízimos que isso se aplica, mas também com ofertas, votos, louvor, adoração, honra, glória, oração, gratidão, talentos e muitas, muitas coisas.

Como falei no início desta mensagem é necessário alguma analise interior sincera para identificarmos claramente se estamos nos prostituindo espiritualmente, e, dito isso vamos a algumas perguntas. Analise-se e responda para você mesmo:

Você tem entregue a Deus todos os louvores que você tem para Ele?

Você tem dado ao Senhor todas as orações que você pode dar?

Você tem transmitido para Ele toda a honra e toda a glória de sua vida?

Tem utilizado de forma correta os dons que Jesus deu a você?

Tem mostrado ao Eterno toda gratidão que você pode, pelo que Ele tem feito em seu favor?

Tem ofertado toda a sua adoração verdadeira ao único Criador do universo?

Tem multiplicado todos os talentos que Cristo lhe deu?

Pense profundamente nestas questões e procure melhorar em cada um destes tópicos, desta forma sua vida espiritual e consequentemente a física vão dar um poderoso salto de qualidade.


Deus os abençoe.

Comentários

  1. Gostaria q alguém me respondesse se ser crente d uma igreja evangélica, e fazer uma visita na igreja tbm evang de um amigo se isso pode ser chamado de prostituição espiritual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. A não ser que a igreja de seu amigo não cultue o mesmo Deus. O real sentido de irmos a igreja e render adoração a Deus e Ele não é Deus de placa de igrejas, sendo assim Ele estará presente tanto na sua igreja, quanto na de seu amigo.

      Excluir
    2. Vc tem q olhar também se o seu pastor auroriza.pra vc está debaixo da legalidade.

      Excluir
    3. Olá Paolo. Obrigado por deixar sua contribuição aqui nos comentários. Que a Paz de Cristo seja com você.

      Excluir
  2. Gostaria q alguém me respondesse se ser crente d uma igreja evangélica, e fazer uma visita na igreja tbm evang de um amigo se isso pode ser chamado de prostituição espiritual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vinicius!
      Primeiramente quero agradecer muito a sua visita e seu comentário aqui no blog. Quanto a sua pergunta, vamos lá: Em princípio, visitar a congregação de um amigo não é algo que possa ser tomado como Prostituição espiritual, mas sim um gesto de amizade. Gostaria de falar mais sobre isso aqui, mas o espaço é pequeno.
      Novamente. Sou grato por sua leitura.
      Que Deus o abençoe com paz, saúde, sabedoria e sucesso.

      Excluir
  3. Nossa que legal!! Que DEUS abençoe a vida de quem postou isso kkkk... Me ajudou muito, esclareceu essa dúvida constante que eu tinha na mente...MT bom MEEESMO!
    Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  4. Nossa que legal!! Que DEUS abençoe a vida de quem postou isso kkkk... Me ajudou muito, esclareceu essa dúvida constante que eu tinha na mente...MT bom MEEESMO!
    Deus abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por deixar seu comentário aqui.
      Me alegro muito toda vez que recebo o retorno de um leitor dizendo que as postagens estão, de alguma maneira, sendo úteis.
      Que Deus abençoe sua vida.

      Excluir
    2. Em Hebreus 10 :25 vc terá a resposta
      Comunique o seu pastor ele sendo um homem de Deus vai te liberar pra ir
      Existem perigo porque há vários ensinos e costumes
      Seu pastor sabe que tipo de alimento tem lhe dado é só uma visita que pode virar costume de ficar ausente do seu Ministério

      Excluir
    3. Olá. Obrigado por deixar sua contribuição aqui. Deus abençoe você.

      Excluir
  5. Respostas
    1. Obrigado por seu comentário. Que Deus abençoe sua vida abundantemente.

      Excluir
  6. Estou muito feliz com esse post,me tirou dúvidas e me fez rever muitas questões em minha própria vida,pude fazer uma auto avaliação de mim mesma e sei que preciso melhorar muito,e que tudo seja para honra e Glória do nosso Deus.obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosi. Obrigado por sua visita e comentário.
      Que nosso SENHOR e DEUS possa abençoar você abundantemente em tudo. Grande abraço.

      Excluir
  7. PQ NESSES ESTUDOS FALAM LOGO DO DÍZIMO? PQ FALAM EM PRIMEIRO PLANO LOGO DO LADO FINANCEIRO? PQ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Davilla. Obrigado por sua visita e leitura.
      Usei o exemplo dos dízimos porque é uma forma simples e prática de demonstrar o que a prostituição espiritual realmente é, mas também falei sobre louvor, adoração, honra, glória, dons, gratidão e talentos.
      Deus abençoe você abundantemente.

      Excluir
    2. Se te incomodou tanto assim falar sobre os dizimos., parece q tem alguma coisa no seu coração ai q não tá normal

      Excluir
  8. Voce pode sim visitar outra igreja mais com abencao de seu pastor .sabe porque que pastor não gosta de seus cristoes indo em outras igrejas .e porque ele ti ama voce come de varias comida ai vem adoecer .ele nao quer isto .ir sem o sem seu pastos saber e prostituição espiritual. que Deus possa está abençoado cada vez mais sua vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Obrigado por deixar seu comentário aqui.
      Que Deus dê a você paz, saúde, sabedoria e sucesso.

      Excluir
  9. Olá Boa noite graça e paz!
    Gostaria de saber se um cantor gospel pode cantar em um evento circular, ou seja uma festa da carne, pois na minha percepção Deus é Santo e tudo para Ele também deve ser.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joana! Graça e paz.
      Quanto a sua pergunta: Em princípio eu diria que se a festa em questão é uma festa da carne então é melhor que tal cantor gospel evite tomar parte nela.
      Obrigado por deixar sua questão aqui.
      Que a luz de Cristo brilhe cada vez mais através de você.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20

“...Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20 Neste texto nós vamos conversar um pouco sobre os benefícios que uma congregação saudável produz na vida de todos aqueles que fazem parte dela; e tenha em mente que congregar significa justamente se reunir com outras pessoas em nome de Jesus, como relatado em Mateus 18.20. Em vários dos textos que tenho compartilhado aqui, procurei falar sobre como o espírito do mundo se infiltrou nas congregações através dos séculos para corromper os sentidos daqueles que as compõem e desvirtuá-los de seguir o verdadeiro caminho de Cristo Jesus, induzindo muitos a praticar todo tipo de estranhezas, distorções da Palavra, e até, a desistir de congregar. Por isso também foi escrito que: "E vindo o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, Veio também Satanás entre eles." Jó 1.6 Quais são os benefícios de uma congregação saudável? Na verdade a lista de

Pedis e não recebeis, porque pedis mal... Tiago 4.3

"Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites." Tiago 4.3 Esta, sem dúvidas, é uma das frases mais conhecidas do livro de Tiago, mas durante algum tempo tive certa dificuldade de me aprofundar na grande lição contida nela. Será que você já conseguiu extrair deste versículo algo além daquilo que está na superfície? É o que tentaremos fazer agora. Creio que o hábito de pedir seja o mais intuitivo, natural e automático que possuímos, principalmente porque Jesus disse: "Pedi e dar-se-vos-a..." ; "o que pede recebe" e ainda, "tudo que pedirdes em meu nome eu o farei..." Somos ensinados e acostumados a pedir; há alguns até que se tornam viciados em fazê-lo, alguns tratam o Senhor absoluto do universo como se Ele fosse uma espécie de "gênio da bíblia", ou seja, na mentalidade destas pessoas Deus serve apenas para realizar seus desejos não importando o quão banais, vaidosos, egoístas, hedonista

A alegria do SENHOR é a vossa força. Neemias 8.10

"...Portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força." Neemias 8.10 No cristianismo há duas relações diretas que afetam grandemente a nossa vida caso tenhamos o devido conhecimento delas para usarmos da forma correta e a nosso favor. E que relações são estas? Como você já deve imaginar por causa do título deste texto estamos falando de alegria e força , assim como de tristeza e fraqueza, ou seja, alegria é igual a força e tristeza é igual a fraqueza; porém o foco de nossa conversa será completamente sobre as duas primeiras.  Cristãos conhecem profundamente isso e usam este entendimento a seu favor; o meu desejo ao escrever este texto é que você também possa fazer o mesmo de modo a fortalecer sua vida cada vez mais. Algumas pessoas podem ter certa dificuldade em entender a necessidade vital que os cristãos têm de se alegrar, de proteger e multiplicar a alegria; tais pessoas podem perguntar: Por que devo me alegrar se as c